gobios

Iscos e peixes. Tipos de iscos, peixes e suas particularidades.
Avatar do Utilizador
varzeas
Mensagens: 70
Registado: sábado mai 17, 2008 7:41 am

gobios

Mensagem por varzeas » domingo jun 08, 2008 7:23 pm

Boas, caros amigos.
Alguem me sabe dizer algo sobre os gobios? defeso, medidas, se são bons para comer e se existem á muito na barragem de paradela do rio?
pois pesco muito nessa barragem e nunca tinha tirado nenhum e hoje era o prato do dia.
Se alguem souber algo, desde já agradeço.



SirRiderS
Mensagens: 19
Registado: quinta mai 29, 2008 10:22 pm

Re: gobios

Mensagem por SirRiderS » domingo jun 08, 2008 9:46 pm

Os gobios sao pequenos peixes que nao têm medida nem defeso de pesca. Penso mas nao tenho axertexa que o recorde mundial nao passa das 200gramas.
Quanto á sua pesca em barragens é dificil pois se ela tiver muitos predadores eles sao um excelente petisco para eles o que leva á sua quase extinçao( digo quase pois ainda se pesca de vez em quando algum)
Relativamente á sua pesca é muito facil nos sitios onde ele andar. Um bocado de engodo do mais barato um anzol de nº20 com um fio leve pois eles, como ja disse nao pesam quase nada e prontos é tirar neles. Ja tive uma tarde em que tirei quase 120 num pequeno rio ao pe de minha casa :P

Espero ter ajudado

Avatar do Utilizador
Carpa Real
Utilizador Regular
Mensagens: 2980
Registado: terça nov 28, 2006 10:31 pm

Re: gobios

Mensagem por Carpa Real » sábado jun 14, 2008 11:58 pm

Boas varzeas, sobre esta espécie já foi dito SirRiderS algumas dicas como o pode pescar, engodo muito fino de cor amarela e de meia água bolas muito pequeninas não muito apertadas e pode utilizar vários tipos de iscos como o asticot muito pequenos, os Pinkies larva igual á do asticot mas muito mais pequena, Ver de vase larva do mosquito de sangue, Fifises pequenina Larva e Pão Francês de preferência da La Sirene "Chaillou" este é feito de trigo por ter funções mais elásticas e mais consistente, é necessário táctica para o prepara se tiver dúvidas coloque as suas questões. Todos estes petiscos vendem-se nas casa de especialidade em artigos para rios interiores.

Os anzóis variam entre o 20 e 22 e linhas de 0,06 a 0,08, deve evitar montagem com elástico é aconselhável pesca com ponteira directa muito fina e meia parabólica.

Este peixe prefere sempre os fundos daí um pouco de engodo de meia-água para os fazer subir um palmo ou mais dado que é um peixe muito curioso e assim soltando-os mais um pouco entra-se numa pesca de velocidade.
Não tem protecção na lei no que diz respeito ao tamanho ou defeso.

Em resumo deixo aqui alguns apontamentos sobre esta espécie
Góbio

Origem
O Góbio encontra-se na maioria dos países europeus, à excepção da Noruega e norte da Finlândia e Suécia, e existe em boa parte da Ásia até ao Mar Negro. Tudo indica que foi introduzido na Península Ibérica no início do século XIX onde se aclimatizou perfeitamente e logo se distribuiu pelos principais cursos de água.
Em Portugal aparece com regularidade nas bacias hidrográficas do Douro, Vouga, Mondego, Tejo e Guadiana, aqui em menor quantidade.

Características
É uma espécie habitual dos fundos dos cursos médios de águas com corrente mas também se adapta às águas dos lagos bem oxigenadas e com muitos nutrientes orgânicos, sendo a sua existência um bom indicador da qualidade da água.
Possui um corpo alongado, cinzento amarelado ou verde acastanhado ou azulado e ligeiramente cilíndrico na parte da frente, com uma cabeça longa e de olhos grandes, tendo uns espessos lábios em que o superior tem dois barbilhos. Possui escamas grandes e um ventre mais achatado e com os flancos prateados, apresentando ao longo do corpo uma linha longitudinal marcada por manchas negras ou azuladas em formas arredondadas.
Geralmente tem um comprimento que varia entre os 6 e os 12 ou 15 cm. e um peso até 30/40 gr. Como máximo já foram capturados exemplares com pouco mais de 20 cm. e 160 gr.


Alimentação e Reprodução
A alimentação do Góbio, omnívora, baseia-se em larvas, pequenos crustáceos e moluscos, ovos de peixe e todo o tipo de microrganismo que encontra no cascalho dos fundos. É um peixe sempre activo na busca de alimentos.
Quando atinge a maturidade aos 2/3 anos faz a reprodução entre Maio e Julho ou princípios de Agosto quando a temperatura da água chega aos 18ºC. Cada fêmea faz várias posturas, de 1.000 a mais de 2.000 ovos, em locais pouco profundos, correntozos e pedregosos ou com vegetação.

Saudações Desportivas
Carpa Real
Anexos
GÓBIO
GÓBIO
ISCOS
ISCOS

Avatar do Utilizador
joaosousa
Utilizador Regular
Mensagens: 2204
Registado: sexta dez 08, 2006 5:10 pm

Re: gobios

Mensagem por joaosousa » domingo jun 15, 2008 12:26 am

Bela explicação do amigo Carpa Real! Sempre em cima do acontecimento!! =D>



Avatar do Utilizador
varzeas
Mensagens: 70
Registado: sábado mai 17, 2008 7:41 am

Re: gobios

Mensagem por varzeas » domingo jun 15, 2008 2:21 pm

=D> =D> =D> =D> =D> obrigado amigo Karpa... simplesmente fantastico.

Avatar do Utilizador
pisões
Utilizador Regular
Mensagens: 1805
Registado: terça mar 14, 2006 8:42 pm

Re: gobios

Mensagem por pisões » segunda jun 16, 2008 10:24 am

Boa Carlos sempre em cima dos acontecimentos.

ASDias
Mensagens: 8
Registado: sábado jan 31, 2009 3:05 am

Re: gobios

Mensagem por ASDias » sábado abr 11, 2009 5:30 pm

Para todos e em especial para o companheiro Carpa Real o grande prof da pesca aos góbios, desejo una FELIZ PÁSCOA!
São os desejos de ASDias.

hsimoes
Mensagens: 10
Registado: sábado jul 31, 2010 11:12 am

Re: gobios

Mensagem por hsimoes » domingo ago 01, 2010 9:40 pm

Que praga aqui na minha zona pior que as percas :|

Eu dantes custuma ir para um ribeiro perto de minha casa apanhar ruivacos e agora passo a vida a tirar gobios e percas-sol. Mas gobios é demais, os velhotes quando passavam ao pe de mim e olhavam para o meu balde perguntavam que peixe era aquele e eu fazia-lhe a mesma pergunta :huuum:
Ate que um dia estava eu a pescar no Vouga perto de S.Pedro do Sul e tirei dois e um senhor que lá estava me disse o que aquilo era :lol:

Cheguei a apanhar 5 numa hora com tamanhos aceitaveis todos entre os 12 e os 15 cm de comprimento. O pior foram as dezenas de pequenos que apanhei com 3 e 4 cm de comprimento :shock:

E ruivacos nem velos que eles não deixavam, ouve quem me disse-se que eram barbos pequenos principalmente aqueles de 15 cm e como tem um barbilhos pequenos e uma morfologia muito parecida não passava um velhote que me disse-se isso e depois contavam lá aquelas historias de infancia e dos barbos que lá se apanhavam com 1, 2, 3 kilos (coisa rara nos dias que correm) .

O ribeiro onde pesco tem varias presas construidas para a rega e depois do lado de baixo existem uns fundoes com quase um metro de fundo onde o fundo é arreia, com aquele lodo escuro, para não falar que existem uns cachafundos para dentro das barreiras onde custumam estar o peixes graudo :D

onde se custumam encontrar barbos, enguias e ruivacos e percas e de tempos a tempos uns pimpoes e umas pardelhas, Mas gobios foi o primeiro ano que lá os avistei.

Eles picam a quase tudo, asticot minhoca, lagostim, arroz cuzido... ate em anzois sem nada se sentirem a agua a mexer vao logo direitinhos a isca e mordem como se não houve amanha :mrgreen:



Responder