Muito lixo na barragem de onde todos bebem

Ambiente, protecção da natureza e preservação das espécies
Responder
Avatar do Utilizador
aranha
Utilizador Regular
Mensagens: 8380
Registado: segunda fev 13, 2006 6:38 pm

Muito lixo na barragem de onde todos bebem

Mensagem por aranha » segunda out 26, 2009 3:51 pm

A população de Meimão e de outras aldeias do concelho de Penamacor passou a manhã de sábado a retirar lixo da barragem. Os avisos no local ainda são ignorados e os pescadores são os alvos das críticas.

Por: José Furtado
22 de Outubro de 2009 às 14:28h

Pneus, alguidares, colchões ou bidões. O normal seria encontrá-los numa qualquer lixeira mas estes e outros objectos povoam as imediações da barragem de Meimoa, em Penamacor. Ou povoavam, já que o auto-denominado Movimento Cívico e Ambiental na Defesa da Barragem deitou mãos à obra e durante a manhã de sábado foi à caça do lixo.

O encontro foi junto à igreja da aldeia às primeiras horas da manhã, com gente da terra mas também de populações vizinhas, como a Meimoa ou Benquerença. Um exemplo que Francisco Campos, o presidente da Junta de Freguesia de Meimão, gostaria que fosse seguido por outros, porque a barragem beneficia muita gente.

“Acho que se deviam juntar mais pessoas porque toda a gente do concelho bebe a água aqui da barragem”, diz o autarca, que uma semana após a reeleição repete a iniciativa que promoveu há quatro anos quando tomou posse.

Da manhã de trabalho saltam à vista os monos que as pessoas vão deixando à beira da estrada como se fosse uma lixeira. Mas na barragem é mais fácil encontrar garrafas e sacos de plástico. Alguns até se dão ao trabalho de prender estes com uma pedra para que o lixo não se espalhe. Utilizar os caixotes é que nem por isso.

Francisco Campos aponta o dedo sobretudo aos pescadores, que segundo ele “deixam sacos atados com restos das merendas em vez de trazerem”. E não é por falta de aviso, porque em redor da barragem são vários os painéis colocados pela junta que apelam ao civismo e indicam os caixotes.

Com esta acção a junta de freguesia cumpre também uma das cláusulas do protocolo assinado recentemente com a Associação dos Escoteiros de Portugal, para a instalação do campo nacional desta associação na aldeia, explica o presidente.

O lixo deu para encher alguns tractores e carrinhas de caixa aberta, que ao final da manhã regressaram à aldeia. Na mesa já esperava a chanfana oferecida pela junta para um almoço onde também esteve o presidente da Câmara Municipal de Penamacor, Domingos Torrão.

A barragem está agora mais limpa, resta saber até quando.


http://www.destakes.com/redir/47f8d0c05 ... c4e8bba5c8

pois... por causa de uns somos todos metidos no mesmo saco, mas...seriam os pescadores a levar os pneus, alguidares e bidons?!?!? :grrr:



Responder