Introdução de novas espécies

Ambiente, protecção da natureza e preservação das espécies
Avatar do Utilizador
pisões
Utilizador Regular
Mensagens: 1805
Registado: terça mar 14, 2006 8:42 pm

Mensagem por pisões » sexta mar 30, 2007 10:31 am

Até pode ser mas até agora ainda não encontrei nada...

A ver vamos



Nelson Duarte
Mensagens: 11
Registado: domingo fev 03, 2008 11:38 pm

Lucios em prado

Mensagem por Nelson Duarte » segunda fev 04, 2008 12:30 am

Caros camaradas,

Nos Pisões, só ouvi falar, mas em Prado, na margem oposta à pista, em Stemebro de 2006 pesquei lá o meu primeiro Lucio, tendo como isco uma panchorca com um grande anzol lá dentro. Tenho a dizer que lancei a cana e fui até à beira de outros pescadores, a 20 metros de distancia. De repente só houvi os sinos da minha cana a fazer barulho, e como fui aconselhado a abrir a embraiagem do carreto, quando lá cheguei a cana já estava toda vergada e o carreto sem fio, ou seja, o bicho deve ter arrastado cerca de 200 Mt de fio com ele. Bico de obra! Pensei eu... Mais de 30 minutos a puxar! Já estava exausto e ele sempre a lutar!! Lá saiu da àgua, e podem crer que fiquei assustado. Tirei-o fora da agua e fiquei à espera que ele nem se mexesse! Tinha 78 centimetros de comprimento e 3,2 Kg de peso! Imaginam o meu susto quando ao chegar à margem aquele bicho enorme se lembra de saltar mais de um metro fora da agua, a tentar lutar após 30 minutos incessantes.
Eles ainda lá continuam, e pelo que parce cada vez em maior numero, pois em 2007 tirei lá 3 mas de tamanho inferior.

Abaraços

Nelson Duarte

Avatar do Utilizador
aranha
Utilizador Regular
Mensagens: 8380
Registado: segunda fev 13, 2006 6:38 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por aranha » segunda fev 04, 2008 1:45 am

bem vindo Nelson a este pesqueiro, podia fazer a sua apresentação no topico das primeiras participações para o ficar-nos a conhecer melhor :wink:

acerca do lucio, tem a certesa que é mesmo o lucio??? porque lucios percas já pesquei muitos por esses lados, mais a montante e mais a jusante, mas relatos de exod lucius é a primeira vez :shock: e foto do trofeu nao tem?? :roll:

e para quem nao sabe onde fica Prado, é pertinho de minha casa :mrgreen:

Nelson Duarte
Mensagens: 11
Registado: domingo fev 03, 2008 11:38 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Nelson Duarte » segunda fev 04, 2008 8:01 pm

Aranha,

Eram todos lucios percas, e se lá der um salto, vai ver lá muita gente a tentar pesca-los.

Quanto à foto, lembro-me de ter tirado, mas não sei onde a tenho! Vou procurar e dps coloco aqui...



Avatar do Utilizador
aranha
Utilizador Regular
Mensagens: 8380
Registado: segunda fev 13, 2006 6:38 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por aranha » segunda fev 04, 2008 8:40 pm

eu vi logo que era lucioperca, muita gente chama o lucioperca simplesmente lucio ou sandro, mas lucio é outro peixe :wink:
Anexos
lucio.gif
lucio
lucioperca.jpg
lucioperca

Nelson Duarte
Mensagens: 11
Registado: domingo fev 03, 2008 11:38 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Nelson Duarte » sexta fev 08, 2008 9:27 pm

Na altura disseram-me que era um lucio perca, mas olhando para as fotos que postou, era mesmo um lucio!´Tenho a certeza.

Tatudo
Mensagens: 4
Registado: quinta mar 06, 2008 10:28 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Tatudo » quinta mar 06, 2008 11:22 pm

Nunca introduzir novas espécies! Em França o lucioperca (sandre en francês) é muito mais agressivo que o lucio e começa a ser superior em numero :? Passa-se a mesma coisa com a perca-sol e o peixe-gato que são impossiveis de parar porque não têm predadores naturais :x (O siluro (Acho que é assim que se diz) ainda é novo par saber se é uma prage ao não)

Outro exemplo mas de poluiçao genética, as trutas! Por exemplo aqui ondo moro as trutas são de "souche" mediterranea com muitos pontos pretos. O homem introduziu trutas de "souche" atlantiqua que não são adaptadas aos rios e agora temos uma grande poluiçao genética :roll:

(Desculpem pelos erros...)

Avatar do Utilizador
Carpa Real
Utilizador Regular
Mensagens: 2980
Registado: terça nov 28, 2006 10:31 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Carpa Real » sábado mar 08, 2008 1:21 am

Boas Tatudo, "Em França o lucioperca (sandre en francês)"
Os Franceses chamam-no mais de "Brochet"

Sobre as questões de povoação de novas espécies que já proliferam nos rios e albufeiras deve-se á má formação dos pescadores e muitos deles pescadores de competição. Que transportam determinados exemplares de espécies aquícolas de umas massas de água para outras a pensar que estão a fazer uma grande coisa.
Já basta para alteração dos eco-sistemas a construção de barragens, a artificialização e regularização de linhas de água, pela poluíção, pelas modificações das bacias hidrográficas, desflorestação, urbanização, agricultura e suas químicas utilizadas, entre outras.
Portugal possui um importante património aquícola, que muitas vêzes não tem sido poupado pela actividade humana, cerca de 150.000 ha de massas de água superficial povoadas por mais de 40 espécies piscícolas, algumas de elevado valor conservacionista, contribuindo para a manutenção da biodiversidade a nível mundial.
Todos mas todos os pescadores desportivos e de competição devem tornar-se elemento fundamental na gestão dos recursos piscícolas.
Por estes motivos, é que a nova Lei bem regulamentar muitas da lacunas existentes na defesa dos recursos. Assim, de uma forma mais consciente fáz com que o pescador desportivo adopte códigos de conduta consistentes para uma educação e ética de conservação e defesa dos recursos.
A nova lei que vai regulamentar a pesca desportiva de rios interiores vai ser mais uma vêz um exemplo na guarda e defesa do meio ambiente e espécies como já foi vanguardista na ultima revisão que obrigou á pesca sem morte pelo menos nos concursos, o não uso de engodos em massas de água parada derivado ao ácido que este contem, e na maior parte das pistas práticamente só é permitido o uso de sementes e asticot. De facto a pesca desportiva nos rios interiores tem evoluído de forma muito positiva e a nova reforma com uma adaptação em 3 anos vai ser mais uma enovação futurista.
Isto só é possível, porque nestas coisas são chamados todos os amantes da pesca e muitos deles são sábios nestas matérias e só assim, é possível uma Lei justa e que se ajuste ás necessidades desportivas e de competição.

Saudações Desportivas
Carpa Real



Responder