Introdução de novas espécies

Ambiente, protecção da natureza e preservação das espécies
Tatudo
Mensagens: 4
Registado: quinta mar 06, 2008 10:28 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Tatudo » sábado mar 08, 2008 11:06 am

Boas Tatudo, "Em França o lucioperca (sandre en francês)"
Os Franceses chamam-no mais de "Brochet"
Não não :wink: Lucio é "brochet" (Esox lucius) e o lucioperca é o sandre (Sander lucioperca) :wink:



Avatar do Utilizador
aranha
Utilizador Regular
Mensagens: 8380
Registado: segunda fev 13, 2006 6:38 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por aranha » sábado mar 08, 2008 11:08 am

exatamente carlos o tatudo tem razão :wink:

Avatar do Utilizador
Carpa Real
Utilizador Regular
Mensagens: 2980
Registado: terça nov 28, 2006 10:31 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Carpa Real » sábado mar 08, 2008 6:05 pm

Tatudo Escreveu:
Boas Tatudo, "Em França o lucioperca (sandre en francês)"
Os Franceses chamam-no mais de "Brochet"
Não não :wink: Lucio é "brochet" (Esox lucius) e o lucioperca é o sandre (Sander lucioperca) :wink:
Boas, pois é parece que sim como apanhei a palavra Lucio aí vai mas de facto, estava-se a falar especificamente do Lucio-perca. Muito bém, está feito o reparo, agora é só pagarem uma Francesinha em Canelas que já estou com saudades.

Um Abraço
Carpa Real

to grijo
Mensagens: 16
Registado: quarta set 10, 2008 11:08 pm

Re:

Mensagem por to grijo » terça jan 13, 2009 6:31 pm

aranha Escreveu:é isso mesmo um autentico EXTERMINADOR, por acaso já fui a essa barragem, o Azibo, muito bonito, á lá gente que pesca da seguinte forma:

fazem o pesqueiro levando restos de comida, como de um animal domestico se trata-se, para habituar o lúcio a ir ali comer, depois enfiam uma ração de frango ou outra coisa e anzol com estranho de aço e deixam ficar, no dia seguinte vão lá buscar o lúcio de 20k ou mais, autentico tubarão de agua doce, o "peixito" só tem 700 dentes afiadisimos e é dos peixes mais antigos do planeta, rapidissimo, um só abanão da cauda faz com que ele se desloque 9 metros :shock:


ola. Eu sou de Macedo de Cavaleiros e nunca vi nem soube de ninguém que fizesse isso na barragem do azibo para pescar lucios.
O lucio é um peixe territorial, ou seja, tem um territorio fixo k pode abrangir 300 mts (se o lucio for grande). O lucio não cai em engodo, é um peixe de emboscada que se esconde nas ervas e quando vir alguma coisa ataca. eu ja tirei alguns lucios no azibo e só estão nas ervas ou paus secos. O maior relatado até agora tinha 12 kg tirado no azibo.. e com 1,1o mts..



rui valerio
Mensagens: 899
Registado: segunda mar 10, 2008 1:44 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por rui valerio » terça jan 13, 2009 6:54 pm

Olha um post dos que eu gosto e ainda não tinha metido a colherada :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

O problema não foi a introdução de espécies novas nas nossas águas, o grande problema é alterar as condições do meio, alterar ecossistemas que eram propensos ás espécies que durante milhares de anos se desenvolveram nesses ecossistemas e em 4 anos o seu habitat ficou completamente alterado, aí sim, quando entram as espécies exóticas tornam-se dominantes, alguns até super-predadores porque encontram as condições ideais para as características do seu fenótipo.
No rio Vouga introduziram as percas ( nem sei como) mas desapareceram quase na sua totalidade, não se ambientaram ás grandes cheias sazonais que este rio sofre, também introduziram os achigãs... a fome deles era tanta que até com uma folha de oliveira no anzol eles saiam... felizmente não sobrou um!!
Duas espécies que considero infestantes nas grandes massas de água, não se adaptaram as condições naturais deste ambiente ( ambiente natural). Com a construção da barragem de Ribeiradio lá vão eles encontrar condições para se instalarem, crescer e reproduzir-se... adeus trutas, adeus bogas e estes barbos negros de corrente!

É a vida, mas que se pode fazer, numa barragem para não meterem o raio das gravuras a nadar gastaram-se 30 milhões de contos e como jackpot dos defensores das gravuras, vai-se destruir um dos poucos cursos de água intactos de Portugal, o rio Sabor... Somos um povo culto, ou talvez não!

Colaço
Mensagens: 91
Registado: sexta jan 02, 2009 11:38 am

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por Colaço » terça jan 13, 2009 8:35 pm

Num dos locais onde muito pesquei desde pequeno, minha terra Natal, Cinfães, também aconteceu tal e qual. Introduziu-se a perca e posteriormente o achigã (embora este me tenha proporcionado bons momentos de pesca :oops: ).
No último trimestre do ano passado, altura em que regressei ao vício, fui pescar novamente para lá, e em conversa com pescadores que moram junto ao rio, disseram-me que actualmente a pesca que se faz, é ao tal "sandro" mas que por vezes também saem lúcios. A verdade é que aqueles pesqueiros para onde ia à 13 anos, pouco peixe deram, saindo unicamente uns achigãs (poucos) "perdidos" que por lá andavam, pesqueiros esses que na altura proporcionavam belas pescarias de bogas, pimpões, barbos, etc.
Penso que daqui para a frente, com os lúcios-perca e lúcios a continuarem a crescer, as restantes espécies estarão condenadas.. :x

rui valerio
Mensagens: 899
Registado: segunda mar 10, 2008 1:44 pm

Re: Introdução de novas espécies

Mensagem por rui valerio » terça jan 13, 2009 9:14 pm

Acabou a pesca natural :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Não faz mal, pratica-se uma pesca "tecnica" cheia de materiais esquisitos que nos vão impingir e nós para estarmos "em contacto com a natureza" vamos abrir cordões á bolsa pagar e todos contentes vamos pescar!! :mrgreen: :mrgreen:

Aquela pesca intuitiva ás trutas com gafanhoto, grilo e minhoca... mesmo comos invertebrados que se apanhavam debaixo das pedras tem os dias contados... a pesca á truta á mosca também acabará por ver o seu fim anunciado... depois vem falar em pescar sem morte...bah! eu pesquei sem morte no rio vouga, para quê?? agora vem uma barragem, limpa as trutas e as bogas... e eu bem... andei a preservar para engordar os lúcios, as carpas e outras coisas que não conheço, mas acabarão por aparecer por aqui ... enfim!! ( Se isto é ecologia eu vou dar uma volta ao bilhar grande regresso e depois sou o Rei de Espanha!! ):mrgreen: :mrgreen:

Mas o pessoal fica feliz... porque vive na ignorância duma pesca que nunca conhecerá... eu viverei feliz, porque pratiquei uma pesca que me encheu as medidas, eu posso dizer que PESQUEI da forma que para mim faz sentido!

tenho um pannier, umas canas roubasienne, inglesas e bolonhesas no sotão completamente esquecidos... mas a menina dos meus olhos continua em casa do meu pai... cana da índia sem passadores, com que comecei a pescar... linha e anzois, apanhava o que estava pendurado nos amieiros :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Avatar do Utilizador
aranha
Utilizador Regular
Mensagens: 8380
Registado: segunda fev 13, 2006 6:38 pm

Re: Re:

Mensagem por aranha » quarta jan 14, 2009 1:08 am

to grijo Escreveu:ola. Eu sou de Macedo de Cavaleiros...
bem vindo ao Sitio pescador, divirta-se por cá :wink: gostavamos que fizesse uma aprentação no primeiro topico deste forum para todos o ficarmos a conhecer melhor :wink:
to grijo Escreveu:...nunca vi nem soube de ninguém que fizesse isso na barragem do azibo para pescar lucios...
bem... isto foi-me contado por pescadores locais quando fui ao Azibo, se é verdade ou nao... :roll: mas pareceram-me bastantes crediveis :roll:
outra "história" que me recordo é de terem-me contado que o lucio deu cabo tambem de uma das maiores reservas de pato da europa que existia no azibo, verdade ou nao... :roll: nao sei que eu só aí fui uma vez e sou de bastante longe #-o
to grijo Escreveu:O maior relatado até agora tinha 12 kg tirado no azibo.. e com 1,1o mts..
nesse mesmo dia, em Mirandela, fui comprar carnes para o churrasco e vi no talho fotos de lucios....enormes :shock: #-o nao tenho a certesa mas creio que tinham bem mais de 12kg #-o #-o



Responder