Pesqueiros na areia - 1

Surfcasting / Rockfishing
Avatar do Utilizador
Ramiro
Utilizador Regular
Mensagens: 6148
Registado: sexta out 01, 2004 11:00 pm

Pesqueiros na areia - 1

Mensagem por Ramiro » sábado ago 20, 2005 1:27 am

Vou aqui, de uma forma bastante básica, ajudar a identificar os diversos tipos de apresentação de pesqueiros para surfcasting.

Nesta 1ª parte, temos um pesqueiro em areia com croeiros (coroas de areia), fundões e riões (agueiros). Este tipo de pesqueiro, salvo raras excepções, varia facilmente de configuração pois geralmente estão muito expostos à acção do mar.

Um pesqueiro com boa configuração hoje pode amanhã estar completamente diferente, pois o mar movimenta as areias e a localização dos croeiros e fundões pode modificar em poucas horas e até desaparecer, deixando o pesqueiro, como por aqui se diz, completamente espraiado.

Os locais assinalados com a letra A são os croeiros.

Pessoalmente dou preferência aos croeiros em que as ondas não rebentem por cima dos mesmos mas, apenas se rasguem um pouco.

Os locais assinalados com C e D são o que se chama na gíria de fundões, ás vezes mais outras vezes menos fundos.

A zona B, entre croeiros é, normalmente também mais funda e, geralmente forma uma correnteza, mais ou menos forte, por onde escoam as águas da rebentação.

Nalguns casos, poderemos ter um agueiro por onde “entra” água e outro por onde “sai”.

Pescar no ponto 1:

Depende da profundidade desta zona. Sabemos que o Robalo por exemplo pode andar em pouco mais de 1 ou 2 palmos de água. Reunindo as condições ideais, é invariavelmente um bom local para engodar e assim atrair este senhor ao local.

Pescar no ponto 2:

Desenvolver a pesca no rião ou agueiro é normalmente compensador. O peixe procura e/ou espera que a corrente aqui presente lhe traga comedia ou a ponha a descoberto no fundo. Há que tentar diversas distâncias, pois o peixe também aproveita estes agueiros para entrar e sair dos fundões mais próximos da margem.

Pescar no ponto 3:

Um dos meus pontos favoritos, ao que chamo a aba lateral do croeiro, especialmente se o mesmo for um croeiro largo. É aqui que, no revolvimento da areia, provocado tanto pela corrente do agueiro como pela passagem da ondulação (são movimentos contrários), muito peixe procura o que o mar põe a descoberto.

Pescar no ponto 4:

Pescar para lá do croeiro, nesta zona mais funda, exige muitas vezes grandes lançamentos (claro que depende da distância onde está o croeiro). Normalmente é onde se localiza o peixe, que tem por hábito percorrer a aba exterior do croeiro em busca de alimento. A passagem das ondas nesta aba, provoca uma sucção que remexe as areias pondo a descoberto comedia que por aí exista. Esta zona, se próxima de um agueiro, aumenta em muito as probabilidades de capturas.

Pescar no ponto 5:

Pescar em cima do croeiro pode revelar-se muitas vezes compensador. Zona embaraçadora de estralhos por excelência, não é má opção se não houver grandes movimentos de areias por acção das ondas. Excelente se a rebentação for distante e o mar esborralhar calmamente até à margem, oxigenando bastante a água, remexendo o fundo e servindo de camuflagem para, por exemplo, o robalo, o sargo, o linguado, etc.

Conclusão:

É essencial uma boa observação do local onde se pretende pescar. Sempre! Muitos já se perguntaram porque é que num dia fizeram uma boa pescaria num determinado local e no dia seguinte nem um toque tiveram (ou vice-versa). Provavelmente a configuração do pesqueiro alterou-se. Mar mais ou menos forte, alteração de fundos, vento, nebulosidade, a cor das águas, etc.
Anexos
Pesqueiro1.JPG
Pesqueiros de areia
Pesqueiro1.JPG (20.83 KiB) Visto 6811 vezes
Última edição por Ramiro em domingo mai 07, 2006 9:24 am, editado 2 vezes no total.



Avatar do Utilizador
pfzeca
Mensagens: 549
Registado: quarta jul 18, 2001 11:00 pm

Mensagem por pfzeca » segunda ago 22, 2005 9:18 am

Bem dito sim Sr.



Tiveste trabalho de fim de semana!!!! :P :D

O mar com força e o vento não deixam pescar, sempre te vais entretendo!!!

Esse desenho ainda deu algum trabalho, .... mas ficou bom !!! :D :D

Saudações do Oeste

Avatar do Utilizador
Paulo
Administrador
Mensagens: 10710
Registado: segunda abr 04, 2005 3:28 pm

Mensagem por Paulo » segunda ago 22, 2005 10:26 am

Isto quem sabe sabe... :D

Os locais que aprecio mais, agora na altura das nossas amigas, são os 3 e 4 \:D/

Por vezes, com o mar extremamente calmo, elas também andam no local 5 (mas o mar não pode rebentar em cima do croeiro). :-$

Gato

Mensagem por Gato » quarta set 07, 2005 2:31 pm

Boa Ramiro,para mim que sou um inexperiente na forma de observar o mar e as condiçoes do fundo,este desenho é útil e dá para tirar algumas conclusões...continua a desenhar,abraço! :D



Avatar do Utilizador
pisões
Utilizador Regular
Mensagens: 1805
Registado: terça mar 14, 2006 8:42 pm

Mensagem por pisões » sexta set 15, 2006 9:32 am

Só agora o vi e está muito fixe
Obrigado Ramiro
Assim já é mais fácil perceber o mar e a falta, ou não, de peixe no nosso pesqueiro. =D>

Avatar do Utilizador
Carpa Real
Utilizador Regular
Mensagens: 2980
Registado: terça nov 28, 2006 10:31 pm

Mensagem por Carpa Real » quarta nov 14, 2007 11:49 pm

Andas atrasado ó Pisões, desde que te ligás-te á embarcada já consultas pouco a pesca de fundo...hehehe :P :P :P

Carpa Real

Avatar do Utilizador
rjsilverio
Mensagens: 382
Registado: terça out 03, 2006 5:22 pm

Mensagem por rjsilverio » terça dez 11, 2007 9:52 pm

Belo artigo comandante rebenta peitos :D :D :D

Avatar do Utilizador
pisões
Utilizador Regular
Mensagens: 1805
Registado: terça mar 14, 2006 8:42 pm

Mensagem por pisões » quarta dez 12, 2007 3:55 pm

Carpa não ando atrasado não senhor. Se vires a resposta a data é de 15 de Setembro de 2006 e essa resposta deve ser das minhas primeiras mensagens aqui no site.

Quando li fiquei muito mais esclarecido pois o artigo está muito bem feito. Como era (ainda sou) maçarico nestas andanças o melhor que que tinha a fazer era ler mais sobre a pesca na praia com um grande mestre de seu nome Ramiro. Desta forma escrevi o que me ia na alma após a sua leitura e aconselho outros a fazer. Pode ser que melhorem as vossas pescarias. 8)

Rui



Responder